919df067a8fbd22ce7b6f401b7688b35.png
LVA.jpg

MLTE/IFR

 

O Curso Prático MLTE/IFR visa preparar o piloto para pilotar aviões monomotores e multimotores seguindo regras de voo por instrumentos (IFR). 

Licença e Habilitação

O curso geralmente é realizado em conjunto ao Curso de Piloto Comercial, podendo  também ser cursado por Pilotos Comerciais já licenciados e que não são detentores de habilitação MLTE/IFR. Ao final do treinamento e em caso de aprovação, o piloto terá habilitação MLTE (multimotora) e IFR (voo por instrumentos).

Para informações sobre Piloto Privado MLTE/IFR entre em contato conosco e conheça nosso manual de curso.

Requisitos 

Certificado Médico Aeronáutico (CMA) de 1º classe 

18 anos de idade

Ensino Médio completo

Licença de Piloto Privado, 50 horas de voo VFR como piloto em comando em navegações

O que é o Certificado Médico Aeronáutico (CMA)

É um exame de saúde pericial que tem o objetivo de certificar a aptidão física e mental de tripulantes, considerando o exercício de cada função. A certificação médica busca limitar o risco à segurança do voo decorrente de problemas de saúde, tendo validade específica de acordo com a classe, função, idade e outras possíveis condições médicas.

Os requisitos de saúde necessários para obtenção de Certificado Médico Aeronáutico (CMA) podem ser consultados no Regulamento Brasileiro de Aviação Civil nº 67 – RBAC 67, disponível no site da ANAC (vide legislação) ou em PDF abaixo.

Aeronaves

Dispomos de uma frota diversificada, com aeronaves complexas, Glass cockpit, PBN - Performance Based Navitation, proporcionando treinamento RNAV, VOR e ILS com alto padrão de qualidade aliado as novas tecnologias. 

  • Diamond DA-20 | Glass cockpit | G500 | GNS 430

  • Arrow III | Glass cockpit | Aspen Evolution | GTN 650

  • Seneca I | Glass cockpit | G500 | GTN 650

  • Seneca III | Raw Data

Treinamento 

O Treinamento MLTE/IFR tem por finalidade preparar o aluno para executar com segurança e desenvoltura as manobras e procedimentos requeridos em um voo sob condições IMC (instrument meteorological conditions), tanto em aeronaves monomotoras e multimotoras.

Fase 1 - Ground School

A instrução no solo tem por finalidade realizar o preparo teórico tendo em vista a familiarização do aluno com os equipamentos a serem utilizados na instrução. O treinamento será dividido em dois módulos, sendo uma realizada em “mock-up” e outra na própria nacele da aeronave ou simulador, com as aeronaves IFR.

Fase 2 - Simulador de voo AATD

O Treinamento em Dispositivo FSTD tem por finalidade preparar o aluno para executar com segurança e desenvoltura as manobras e procedimentos requeridos em um voo sob condições IMC (Instrument Meteorological Conditions), dentro de um ambiente controlado. Por meio do voo em simulador, é possível desenvolver consciência situacional para a prática de voo, com ênfase em procedimentos e anormalidades difíceis de reproduzir no voo real com segurança e baixo custo. Esta fase do treinamento tem duração de 45,5 horas. A prática adequada de voo simulado possibilita o ingresso no treinamento de voo IFR e multimotor real em excelentes condições técnicas que permitirão ao aluno um melhor aproveitamento da instrução.

Fase 3 - Voo

Composta por no mínimo 20 horas de voo, das quais 8 horas de voo podendo ser realizadas em aeronave monomotora (MNTE/IFR) e 12 horas em aeronave multimotora (MLTE/IFR), o treinamento em voo prepara o piloto a voar em condições IMC (Instrument Meteorological Conditions) por regras de voo IFR (Instrument Flight Rules), o treina e prepara para a realização de procedimentos ILS, RNAV e VOR, voar e gerenciar com segurança e eficiência aeronaves complexas e multimotoras. Ressaltamos que os tempos levados em taxiamento com as aeronaves não contam para totalidade das horas da fase apresentada. 

Voo de cheque

O voo de cheque é um voo de avaliação com um piloto examinador credenciado pela ANAC, onde serão realizadas perguntas técnicas sobre a aeronave e o voo. Serão avaliadas as habilidades desenvolvidas pelo candidato à licença e/ou habilitação MLTE/IFR tanto em simulador de voo quanto em voo real.

Após o voo de cheque

Após o voo de cheque e em caso de aprovação o Piloto passa a ter uma habilitação MLTE/IFR, estando apto a exercer atividade de Piloto MLTE/IFR de acordo com a sua licença. Para tanto, é necessário o envio de processo junto a ANAC. Se for desejo do piloto, a secretaria do Aeroclube de Eldorado do Sul realiza o processo burocrático.  A validade de cada habilitação é variável. 

GRU - Guia de Recolhimento da União

Os pagamentos de taxas ou de valores de qualquer natureza junto à ANAC devem ser efetuados por meio do formulário Guia de Recolhimento da União - GRU, cada habilitação tem sua taxa atrelada a uma GRU específica.

 

Documentos para matrícula

  • RG; 

  • CPF

  • Título de eleitor;

  • Histórico de conclusão do Ensino Médio;

  • Comprovante de residência; 

  • Certificado de reservista ou alistamento militar (homens);

  • Código ANAC;

  • CMA de 2° classe;

  • 2 Fotos 3x4.

Veja também

INVA

Torne-se quem te ensinou e acumule horas de experiência! Faça seu INVA conosco.

Revalidações

Realize sua revalidação conosco. Oferecemos revalidações MNTE, MLTE, IFRA e INVA. 

anac 3.png
fpl2_edited_edited.png
cenipa.png
fab%201_edited.png
aisweb.png
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey YouTube Icon

© 2020 - Aeroclube de Eldorado do Sul - Centro de Ensino Aeronáutico

CNPJ: 96.750.450/0001-70 - Br-290 Km 123, Eldorado do Sul, RS
secretaria@aeroeldorado.com.br - Telefone: 51 3806 2020 | 51 3806 2019

0
DA 20 G500 GNS430